Tags

CYMERA_20140520_143935

 

Se refere a pessoas que vestem roupas associados ao sexo oposto. Esta é uma forma de vivenciar a experiência do sexo oposto, não de forma sexual apenas, mas de uma experiência humana mais profunda.

O cross não está relacionado a orientação sexual ele ou ela pode ser heterossexual, homossexual, bissexual ou assexual.

O cartunista Laerte foi uma das pessoas que assumiu publicamente o cross. Segundo ele quando se vestia de homem era como estivesse vestindo de outra pessoa. Já com o aparato feminino outros universos de possibilidade se abriram.

O pioneiro do cross foi Ed Wood na década de 1950. Nesta época ele assume e aparece em público vestido de mulher. No filme Glen or Glenda ele aborda o assunto. Ele atua e dirige o filme e aparece com peruca loira e um casaco angorá. Wood gostava de dirigir vestido de mulher e dizia que isso o deixava mais confortável.