Tags

,

Fotor0626163056

Eu fui educada em um ambiente bastante ambíguo e hipócrita. Mas isso não foi privilégio somente meu, somos todas frutos dessa sociedade que nos mostrou que deveríamos ser “mulheres vencedoras e bem empregadas”, porém deveríamos nos dar ao respeito porque os homens iriam até tolerar sermos bem sucedidas… Mas deveríamos preservar nossa virgindade para ter um bom casamento.

Após 40 anos de vida, ainda luto para me desvincular desse paradigma em que fui criada. Luto com essa mulherzinha que tem dentro de mim, que ainda está vinculada a procura do amor perfeito e verdadeiro do casamento.

Mesmo sendo praticante do BDSM e de ter entrado no mundo liberal do swing, o fantasma dessa imposição social ainda me assombra. Toda vez que tenho que usar aquela aliança de camelô para fingir ser casada dentro do ambiente de swing, é uma facada em meu coração – sou moeda de troca. Sei que isso faz parte do jogo BDSM que foi acordado entre mim e meu Mestre, e até deve ser prazeroso para ele me ver nesse impasse, mas não posso negar que machuca muito.

Eu acredito na união entre duas pessoas. Acredito tanto nessa união, que estou lutando há dois anos por um relacionamento BDSM. Estou lutando novamente para ser feliz e ao mesmo tempo caindo em contradição e me deixando levar pela frustração de não ter tido relacionamentos bem sucedidos. Eu pensava que esse relacionamento BDSM fosse a chave para ser feliz, que seria um contrato amoroso bem diferente dos outros, que finalmente eu teria encontrado o pote de ouro no final do arco-íris. Mas não existem potes de ouro no final de arco-íris.

O meu objeto de desejo mudou, mas o foco ainda é o mesmo: A busca pelo amor verdadeiro. Mas lembra que eu disse no começo? Que os homens até tolerariam mulheres bem sucedidas, mas não as promiscuas… Então algo fica no ar: sou liberal de mais para encontrar o amor verdadeiro, esse amor só está predestinado para as mulherzinhas… Para mim, apenas os prazer da carne.

Eu deveria ficar feliz por isso?

Sim!

Fotor0626162452


 

Credito dos filmes:

Gremlins, Joe Dante - 1984

O Iluminado,  Stanley Kubrick – 1980

Psicose, Alfred Hitchcock – 1960

A imagem do casal eu não sei a que filme se refere… Quem souber deixe recado no comentário.