Tags

,

É o fetiche em que a pessoa (geralmente homens submissos) oferece dinheiro ou presentes a uma mulher dominante, sem nenhuma esperança de sexo. A simples sensação de ter alguém controlando financeiramente é uma prazer para o submisso.
É preciso ressaltar que um escravo financeiro ou Slave Money não é um amante rico, já que dentro do jogo BDSM não haverá uma troca, o sexo nesse caso não estará envolvido, o que excita o submisso é saber que uma mulher está lhe controlando e o prazer de dar presente e obedecer ordens é muito maior.
A motivação do escravo está em gastar dinheiro com sua Fin-Domme (financial dominatrix).
Talvez esse desejo venha de um sentimento de inadequação, já que o submisso se sente inferior… Mas isso é apenas uma dedução, e não uma verdade absoluta.
Uma Fin-Domme não implora dinheiro do escravo, não está ali para roubar o submisso coitadinho. Ela por si só, já é uma mulher independente e que não precisa do dinheiro do escravo, isso precisa estar bem claro já que faz parte do jogo de humilhação.
Ser uma Dominadora financeira não é uma prática fácil, existe uma linha muito tênue que separa o fetiche do abuso. Não seria interessante pedir cartões de credito, senhas de banco ou fazer chantagem… Isso é crime!
Mas se existe aqueles homens que se submetem ao jogo, é porque querem e sente prazer. Então, os submissos que não se encaixam nesse perfil, por favor não insultem as Fin-Dommes como já vi muitos fazendo por ai.

flat,550x550,075,f