Tags

Tô demorando para escrever esse post. Estou demorando porque pensei muito e conversei com algumas pessoas para poder chegar a uma conclusão.

Alguns tops que se dizem sádicos, não sabem lidar com seu sadismo ou não tem sensibilidade para entrar em um jogo de tortura psicológica.

Sadismo é só bater? Ser masoquista é só gostar de apanhar? Não! O sádico pode torturar usando outras técnicas que não sejam somente seu chicote.

Será muito mais dolorido para uma masoca ouvir “não, eu não irei te bater”. A dor é prazer, não é castigo.

Quando eu digo ao sádico que não me senti confortável fazendo papel de escrava, não é para ele sair lamentando que não sou submissa o suficiente. Mesmo porque se ele espera de mim uma submissa cem por cento, vai quebrar a cara. Se deseja uma submissa procure uma! Eu sou masoquista. Se o Sádico me coloca nessa posição deve ter consciência de que vai me fazer sofrer, então é só falar: “não gostou? Foda-se! Vai permanecer nessa situação até segunda ordem.

Simples! Básico!

Agora, se não tem paciência, não gosta, acha um porre uma masoquista… Não tenha uma e não fique anunciando aos quatro cantos do planeta que é sádico.

Gostar de bater não te faz um sádico!

algemas-sadomasoquismo