Tags

Foi muito interessante esse sonho… Foi a alguns meses atrás. Mas eu não sou um sashimi, estou mais para feijão com torresmo e farofa.

Hoje sonhei com mulheres que eram despedaçadas, mas mantidas vivas para apreciação dos homens. Mas não era um simples despedaçar… Havia toda uma técnica envolvida e uma arte. Elas não sentiam dor, mas tinham um tempo de validade. Até mesmo o rosto era removido, ficando apenas grandes olhos tristes. Eram alimentadas pelo seu próprio sangue que corriam que corriam pelos seus corpos despedaçados através de tubos. Partes de suas carnes eram penduradas e servidas como um “sashimi”.

Sem rosto, sem identidade, um grande pedaço de carne apreciável, com tempo de validade – descartáveis.

Será que os sonhos são reflexos de nossa realidade, se for é uma realidade muito cruel. Não serei despedaçada na carne, de forma literal. Nosso desmembramento é muito mais sutil: a alma. Veio agora um nó na garganta!Rosto mudado