Tags

sempre me escondi atrás dos livros, nunca imaginei que me esconderia atrás das coisas que eu mesma escreveria. Vou viver os meus sonhos, neles eu posso ser feliz. Cada palavra escrita é um espinho em meu peito, mas são meus filhos, aqueles que amo incondicionalmente.

Tento me mostrar animada, mas meu coração sangra e dói. Meu sorriso esconde lagrimas, mas minhas lagrimas são só minhas e não mostro para ninguém. Sou egoísta com minha tristeza, minha filha mais amada!

A tristeza para mim é um vício, parece que sem ela não existo, ela está em mim e eu nela, a felicidade é algo tão estranho, que quando ela chega fico pensando: “o que isso está fazendo aqui?”.

Talvez pense que eu não me considere uma pessoa com direito de ser feliz, eu até acho que tenho esse direito, que sou merecedora da felicidade, mas o que posso fazer se meu caminho é tão árduo?  O que posso fazer se existem pedras tão grandes em meu caminho? Eu procuro ultrapassar essas pedras, às vezes tento puxa-las, não tenho ajuda… É um caminho solitário.

Mas eu o aceito de bom grado, afinal não existe nada perfeito. Não acredito na existência de nada perfeito, apenas de momentos um pouco felizes. Penso que ao ler isso, vai querer se matar de infelicidade. Mas isso é covardia! Para que dar um fim abrupto, se poder morrer aos poucos e de forma agonizante! Esse é o caminho dos fortes e que vivem verdadeiramente a sua tristeza.

Mas entre uma pedra e outra, olha só o que surge: uma linda flor. Esses são os pequenos momentos de felicidade que surgem em meu caminho. Ela é uma visitante muito esperada, sua vinda é sempre bem vinda. Mas não tarda e logo vai embora… Brota em outras pedras, e segue eu sempre a procurar… Lembra de meu vício? As vezes quero me livrar!

Belo caminho tortuoso, entre altos e baixos, pequenos tombos e fraturas expostas… Lagrimas. Depois as cicatrizes; entusiasmo; tristeza novamente; a chuva que gela; e eis que surge o sol; o chão ainda molhado escorrego… Machuco as mãos; levanto… Sigo em frente.

Mas a flor é algo estranho, não é?  Por que está ali, entre as pedras? Porque a felicidade brota em locais tão áridos? Até mesmo o deserto tem sua beleza, merece um pouco de colorido. Até as almas tristes (como a minha) tem seus encantos, então se encante com ela, não a deixe fugir!

tumblr_mhxr5wJev91qc2u3to1_1280